Com que frequência visitar o ginecologista?

Olá povo! Hoje no site a gente fala sobre a frequência com que a mulher tem que visitar o ginecologista.

E para conversar sobre a frequência com que as garotas têm que ir ao médico ginecologista a gente separou aqui há incerteza da Viviane que diz o seguinte “É verdade que tem que ir no ginecologista uma vez por ano, pra que tanto? É comum a gente ter uma tipo de corrimento todo dia ou isto é enfermidade?”.

É necessário sim a mulher buscar o ginecologista ao menos uma vez por ano depois que ela iniciou a sua vida sexual, visto que o ginecologista precisa estar avaliando a saúde sexual da mulher no mínimo uma vez por ano, e isto significa realizar aquele exame preventivo.

O exame preventivo é um exame em que o o médico vai realizar uma visualização da vagina, vai colher material para saber se não há nenhuma lesão que pode por acaso no futuro provocar a um câncer de colo de útero.

“Mas desde cedo já necessita realizar isto?”, afirmativo! Já que o médico pode verificar as alterações e intervir precocemente, além de acompanhar e desta forma evitar o câncer de colo de útero.

Mesmo as garotas que já receberam a vacina contra o HPV (o Vírus do papiloma humano é um grande culpado pelo câncer de colo de útero) precisam também buscar o ginecologista ao menos uma vez por ano, além do preventivo ele vai casualmente conferir se tem algum corrimento, secreção estranha, irregularidade bem grande no ciclo menstrual, alteração física no corpo da mulher que pode gerar um ineficaz desempenho dos ovários; em suma, uma série de questões que o médico vai estar acompanhando a mulher no início da vida sexual para saber que interferências ou que o ação ele necessita por ventura realizar.

O que fazer em caso de secreção na vagina?

Dessa forma todas as mulheres que têm vida sexual precisam buscar o médico ginecologista ao menos uma vez por ano!

Sobre o corrimento que você contou pra gente; é preciso avaliar, uma vez que toda mulher possui secreção vaginal e essa secreção é criada todos os dias o tempo todo, é uma secreção em geral em pequena porção, clara, límpida, incolor, sem odor, não coça, não atrapalha, é comum e faz parte da fisiologia feminina. Essa secreção faz parte até da questão sexual, e pode ser melhorada com o uso do viagra feminino natural (saiba mais em: saudaveis.net/viagra-feminino-natural/).

Agora em algumas situações a mulher pode por acaso reproduzir uma infecção, essa infecção pode ser causada pelo sexo ou pode ser por algum organismo que já habita na região da vulva, e essa infecção transforma essa secreção vaginal habitual num corrimento que mostra particularidades diferentes, pode modificar de coloração, modificar de quantidade, modificar de odor, provocar coceira, provocar incômodo, nesses casos sim o médico necessita avaliar e saber precisamente do que se trata, e qual o melhor medicamento, o melhor tratamento que ele vai utilizar.

Assim sendo secreção vaginal toda mulher tem, diária, produção constante, em algumas fases do ciclo ela amplifica ou diminui, isto é comum, completamente comum.

Agora se a secreção mudou as particularidades básicas é necessário pedir auxílio do médico o mais rapidamente possível!

O ginecologista também pode te ajudar nas questões do sexo entre o casal

Embora o ginecologista não seja sexólogo, ele pode te ajudar com dicas para questões da saúde do casal no momento da transa. Muitas mulheres reclamam de problemas de ereção do marido ou falta de estímulo que gere lubrificação suficiente para penetração; nesses casos o médico pode até indicar um produto de viagra natural caseiro ou tratamentos similares para resolver a questão.

É isso aí Viviane, boa sorte qualquer coisa volte a escrever pra gente!

Curtiu o editorial? Compartilhe esse texto com seus amigos, grande abraço, fui!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *